Se eu fosse um coqueiro

quarta-feira, dezembro 07, 2016

UM SER ASSIM

Sou um ser assim
Avesso, de prazeres e sentimentos
Me acalento de momentos 
De ser um ser assim, confesso...
Por um momento aparento céu cinzento
Particular que parte
Sei ser só assim
Enfim entendo que nem tudo é o fim
E comeco , e acabo só de mim

quinta-feira, setembro 15, 2016

ONE LANGUAGE

I still love you
I'm not sure If you wanna know
But now it's just what it's  upload
My heart knows just one language
and it's about to speak...

It comes with no exactly words
No formal ways
No informal either
It comes with no explanation
I think that's what explain ...

Love, who knows?
I love and that's it
That's the end
What I just started

Sad
Said
Love
The end
It is about to start?




sexta-feira, agosto 26, 2016

Noites com sol



Pingos nos pontos
Pontos que exclamam
Outros perguntam
Outros reclamam

Ha os que amam
Outros que enganam
Sao os que entendo
Horas lamento

Por que o sol
Venha a brilhar
Por que a lua
Siga nua...

Vao se os ventos
Vao se as janelas
Do vao da porta
Nem todos se importam
Se abrir , se fechar
Continuo a notar








terça-feira, junho 28, 2016

SE HOJE

Se hoje eu fizesse um poema nao sei que diria
Queria lembrar  apenas  quando eu ria
Se hoje eu fizesse um poema eu nada faria
Talvez gritar eu iria
Talvez calada ate sairia


Se hoje eu pudesse cantar eu nao cantaria
Queria lembrar apenas quando eu ria
Se hoje eu cantasse a voz nao sairia
Talvez em silencio entenderia
Talvez sem nada agora eu entendia


Se hoje eu soubesse o que eu nao sabia
Enquanto ainda podia
Talvez eu nao mais pediria
Talvez eu dai te entenderia

Fica o cheiro
Fica a lembranca
Fica voce
Se hoje eu fizesse um poema
 

sábado, maio 21, 2016

DE DENTRO

O poema pode comecar de fora
Pode vir em um barco a vela
Pode vir de um jatoba
Cair e transformar


Um poema pode voltar
Novamente comecar
E sem muita demora te devora
Pode vir com poesia
Ainda que eu chore e outro ria


Um poema pode ser um apelo
Pode ser um grito
Palavra que vai passando
Outra que vai ficando

Ha quem diga que nada foi dito
Ha quem fale que tudo foi escrito
Ha quem tem na mente  coracao
O poema nao acaba ,








 

segunda-feira, maio 16, 2016

COMPOSICAO DOS ERROS



Certo dia pensei em insistir
E fui seguindo...
Certo dia tão certo eu errei
Era mar, era céu, era luar
Depois era Terra, era pedra, era falta de ar

Certo dia eu vivi um sonho...
Era lindo, era perfeito, era encantado
Veio sem pedir licença, sem ser notado
Veio quieto e direto, eu não tinha acordado

Certo dia eu estava errado
Tentei ficar calado
Errar é ruim , as vezes um problema
Há de  surgir mais poema



segunda-feira, fevereiro 01, 2016

DRUNK

Oi. Acabei de chegar
Vou deitar
Tudo gira em minha mente.
Nem bebi tanto ,mas nem sei o quanto
É  difícil esquecer  que te amo,  eu tento...
Tem horas que chego e clamo
Mas teu nome está ao vento e então lamento
As lágrimas chegam e quase enlouqueço
Tento respeitar as horas e o lugar
Mas nunca fui perfeito e isso quase  aceito
As dúvidas ainda vêem me questionar
As vezes penso até em me abandonar
E porque não você?

AMAR!?







sexta-feira, janeiro 08, 2016

PARA UM AMIGO


Só mais eu
Só mais um dia
Só...

A voz cala quando era pra gritar

Que os anos venham
Que a idade fique
Que meu rosto abrigue apenas o sorriso 
Que a preocupação não venha cavar a face
Que a tristeza nao derrame lágrimas por amigo

SOCORRO


Apague essa chama que ainda clama
Destrua  minhas expectativas tão vivas
Deixe que eu sinta  os espinhos da Rosa
Deixe que o perfume se evapore

Preciso dormir sem esperar
Preciso pensar sem te notar
A luz dos teus olhos ainda brilham em minhas noites
Me deixe dormir
Quero enxergar as estrelas sem ter que pedir

E se de tudo que viu, viveu e sentiu ainda não acordou
Se não tem em seu peito amor
Deixe que eu te esqueça
Antes que eu enlouqueça

ME DEIXE

Deixe o tempo passar
Não fale comigo
Deixe as ondas levar
Não faz mais sentido

Não quero "ler" em vão
Porque tudo que acalento é ilusão
Percebo hoje  em restos de mim
Que tudo agora me leva apenas ao fim

Me deixe ficar se não vai me levar
Me deixe calar se não vai me escutar
Me deixe sair se vai só me iludir
Me deixe  esquecer se não era para ser