Se eu fosse um coqueiro

sexta-feira, agosto 26, 2016

Noites com sol



Pingos nos pontos
Pontos que exclamam
Outros perguntam
Outros reclamam

Ha os que amam
Outros que enganam
Sao os que entendo
Horas lamento

Por que o sol
Venha a brilhar
Por que a lua
Siga nua...

Vao se os ventos
Vao se as janelas
Do vao da porta
Nem todos se importam
Se abrir , se fechar
Continuo a notar