Se eu fosse um coqueiro

sábado, abril 03, 2010

SEM RUMO

Eu ja nao sei mais do teu amor
To cutucando ate minha sombra para nao sentir mais dor


Se eu tivesse voce eu mudaria tudo
Me viraria pelo avesso onde ate as vezes me conheco
Meu conteudo esta improprio para o espelho
Estou aqui sem rumo
Estou gritando no seu silencio
Tentando te alcancar e entender os absurdos
Amor me escuta porque eu nao sei
Se faco uma cancao pra esquecer
Se esqueco a cancao pra viver


Na incerteza de seguir o que eh normal
Espero que minha voz percorra essa distancia
Invada a ti com inocencia de crianca

Nessa pauleira de emocao
Amor que voce venha a entender
Sentir saudade nao eh obrigacao


Mas eu ja nao sei mais do teu amor
Sera que voce sente saudade?
Sera que eh minha metade?
Ou Sera apenas meu rancor?








Um comentário:

  1. Lindo poema,profundo e tocante,
    mostra uma poetisa,sencivel e
    brilhante, parabens,adorei.

    ResponderExcluir

Ola pessoal!
Fico muito grata pelos cometarios, inclusive criticas, de alguma forma elas sempre ajudam.
Por favor deixem seu nome, email e endereco de blog se tiver, entrarei em contato. Obrigada!